Yahoo está a ser alvo de processos por parte dos utilizadores

Os utilizadores do Yahoo Mail estão indignados pela quebra de segurança que resultou no acesso a informações pessoais em cerca de 500 milhões de contas.

Depois do grande problema dos 500 milhões de contas de e-mail acessadas por hackers, a Yahoo está a ser alvo de inúmeros processos judiciais, quer por parte de grandes empresas quer por particulares que ficaram bastante afetados pela quebra na segurança. O hack aconteceu há dois anos e permitiu aos piratas informáticos aceder a nomes, passwords, números de telefone e até perguntas e respostas de segurança, que resultaram num desastre para muitas pessoas.

O principal processo parte das empresas de advocacia Robbins Geller Rudman & Dowd e Labaton Sucharow, na Califórnia (Estados Unidos), que acusam a Yahoo de “falhar redondamente no estabelecimento e implementação de uma segurança de dados básica”. Essas firmas norte-americanas também acusam a gigante da Internet de ser “terrivelmente negligente” com os dados dos utilizadores e de ocultar esse problema de segurança de forma a garantir a sua compra pela Verizon. Ou seja, a Yahoo pensou primeiro no dinheiro e só depois nos seus utilizadores.

As firmas acrescentam ainda no processo que “a falha da Yahoo em resguardar as informações muito pessoais de seus utilizadores, numa violação direta às suas promessas, é totalmente inaceitável nos tempos atuais. O fato de que um vazamento desse tipo passou sem ser detetado por uma gigante da tecnologia como a Yahoo durante dois anos é absolutamente chocante”.

Estas duas firmas de advogados estão a representar muitas empresas que foram vítimas do acesso por parte de hackers às contas de e-mail, mas muitos particulares avançaram também com processos judiciais independentes contra a Yahoo. Este caso prejudica ainda mais a desoladora imagem que muitos utilizadores já tinham da empresa que outrora lutava com a Google pelo domínio na Internet.

Imagem: Search Engine Land


Também poderão gostar


Comentar