Acabaram os smartphones da BlackBerry

A BlackBerry anunciou esta quarta-feira (28) que deixará de produzir smartphones próprios, chegando assim ao fim uma era de elegância nesses dispositivos móveis.

A BlackBerry sempre foi um símbolo de riqueza no mercado dos smartphones. Possuir um desses dispositivos era sinónimo de boa saúde financeira e poder. No entanto, chegou ao fim essa época, pois a empresa tem perdido uma grande fatia do mercado e resolveu cancelar a produção exclusiva de smartphones no futuro.

Em comunicado, a empresa afirmou que “pretendemos encerrar por completo o desenvolvimento interno de hardwares e iremos terceirizar essa função para os nossos parceiros comerciais”, frase assinada pelo CEO John Chen. “Estamos atingindo um ponto de inflexão com a nossa estratégia. A nossa base financeira é sólida, e a nossa mudança para o software está tomando a primazia”. Este comunicado é explícito: acabou a era da distinção nos smartphones.

O problema é que as vendas têm sido incrivelmente baixas. De acordo com a Gartner, a BlackBerry apenas participou diretamente em 0,1% das vendas de smartphones durante o segundo trimestre fiscal (cerca de 400 mil unidades). Sendo assim, é oficial que a última produção exclusiva da BlackBerry foi o PRIV, um dispositivo baseado no Android.

Há cerca de um ano atrás, o CEO da reputada empresa tinha anunciado que a BlackBerry teria de vender cerca de 5 milhões de dispositivos por ano para se manter estavelmente no mercado de smartphones. Infelizmente, esse número não chegou aos 2 milhões, o que foi a sentença de morte da produção desses gadgets no futuro para a poderosa companhia.

É altura de estimarmos os smartphones BlackBerry que possuímos atualmente, pois eles passaram, após este comunicado, a ser ainda mais especiais e únicos. Os consumidores compreendem esta decisão, mas obviamente muitos ficaram tristes pelo fim de uma era de sofisticação e beleza.

Imagem: MuyComputerPRO


Também poderão gostar


Comentar