YouTube vence as televisões no debate presidencial norte-americano

Mais pessoas viram o debate entre Hillary Clinton e Donald Trump no YouTube do que nos canais televisivos.

No passado domingo ocorreu o segundo debate presidencial norte-americano, que opôs Hillary Clinton a Donald Trump. Apesar de serem candidatos pouco populares, as excentricidades de Trump captam a atenção do público, o que significa que o debate foi um dos mais vistos de sempre. As interações no Twitter bateram recordes e o vídeo oficial do debate no YouTube superou mesmo as audiências televisivas.

Cerca de 130 milhões de visualizações recebeu o vídeo no YouTube, mais do que as audiências nos tradicionais canais televisivos, que ficaram pelos 63 milhões. Em relação ao primeiro debate, trata-se de um aumento de 40%. O crescimento da audiência deve-se à recente polémica de Trump envolvendo o vídeo onde este tece comentários negativos sobre as mulheres. O público queria saber a reação do magnata e candidato à Casa Branca sobre esse momento infeliz divulgado pelo The Wall Street Journal.

Obviamente, as 130 milhões de visualizações no YouTube não aconteceram todas de uma só vez. O pico de pessoas simultaneamente a assistir ao vídeo em direto foi de 1,5 milhões, sendo que a esmagadora maioria das visualizações aconteceram nas horas e dias que se seguiram ao debate.

O Twitter também assistiu a uma interação gigantesca, dado que os apoiantes dos dois adversários políticos publicaram muitos tweets durante o frente a frente, onde o conteúdo dos mesmos era marcado por análises ao debate misturadas com algum humor.

Segundo os analistas políticos, Hillary venceu o segundo debate, tal como tinha vencido o primeiro. No entanto, Trump também melhorou do primeiro para o segundo frente a frente. Esperamos agora pelo derradeiro debate, onde o candidato republicano terá que jogar as cartas todas, dado que a candidata democrata lidera nas sondagens.

Imagem: The Source


Também poderão gostar