Apple encherá os cofres por causa dos problemas do Galaxy Note 7

A Samsung está a “dar” uma grande ajuda à Apple. As pessoas agora não compram o Galaxy Note 7 nem os seus substitutos, compram o iPhone 7.

O problema das explosões no smartphone da Samsung Galaxy Note 7 estão a encher indiretamente os cofres da Apple. A empresa fundada por Steve Jobs venderá mais alguns milhões dos dispositivos iPhone 7, vendas extra que não contava e que apenas surgirão por causa dos problemas do Galaxy Note 7. Ao todo, entre 5 a 7 milhões de pessoas que iriam comprar o malogrado smartphone da Samsung encaram agora o iPhone 7 da Apple como o melhor substituto.

O que acontece é que uma parte dos consumidores adeptos da Samsung já não confiam na empresa sul-coreana e estão a “desertar” para a Apple. Juntando a isto o facto de que o iOS e os seus recursos presentes no iPhone são bastante atrativos, as vendas deste smartphone estão em alta. A Samsung tem aqui um grande problema, porque os substitutos que a empresa oferece para o Galaxy Note 7 não estão a vender muito. Certamente que o iPhone 7 não é a opção substituta que os sul-coreanos mais desejariam! A Apple agradece e sorri com tudo isto.

A Samsung já tinha vendido 12 milhões de unidades do smartphone “explosivo”, mas a produção parou e agora a empresa está a trabalhar num substituto. As opções disponíveis atualmente não são do agrado dos consumidores, pelo que a Samsung terá de apresentar rapidamente um substituto à altura do iPhone 7, para não perder muitos dos seus compradores para a empresa rival.

A Apple até estava a perder terreno para a Samsung, especialmente nos Estados Unidos, mas agora está a acontecer o contrário. O Galaxy Note 7 pode ficar na história como uma grande machadada nas aspirações dos sul-coreanos de domínio no mercado dos dispositivos móveis.


Também poderão gostar