Processador Kirin 960 da Huawei

A empresa Huawei apresentou hoje (19) o seu novo processador Kirin 960, com uma promessa: ele tem um desempenho surpreendente.

A Huawei é conhecida por fabricar os seus próprios processadores para os smartphones que coloca no mercado, e agora volta a cimentar essa posição no mercado. A empresa apresentou esta quarta-feira o seu novo processador, apelidado de Kirin 960. Para o leitor ter uma ideia do excelente desempenho deste produto, ele superou o iPhone 7 e o Galaxy Note 7 nos testes preliminares promovidos pela Huawei.

Fontes independentes garantem o incrível desempenho do Kirin 960. De acordo com o conceituado site Android Central, o novo processador da Huawei reinicia mais rapidamente em 13 das 14 aplicações mais populares na China.

O Kirin 960 apresenta uma disposição octa-core, sendo que o chipset possui quatro núcleos ARM Cortex-A73 e quatro núcleos A53, numa configuração que ativa automaticamente as CPUs mais discretas em situações pouco exigentes, o que resulta numa poupança de energia sempre bem-vinda.

Acrescentando informações sobre o chipset, podemos dizer que será produzido num processo FinFET de 16 nanómetros da TSMC, isto para que o processamento seja 15% melhor do que o seu antecessor. O processamento gráfico também melhorará 20%. Estas percentagens atrativas significam uma coisa: a Huawei está preocupada em oferecer apenas o melhor hardware aos seus consumidores.

Outra novidade é que o Kirin 960 será o primeiro hardware do mundo a utilizar a nova GPU ARM Mali-G71, algo que deixará muito felizes as pessoas que adoram passar o seu tempo livre a jogar nos seus smartphones. Dando um exemplo deste melhoramento, quem gosta de jogar Pokémon Go sabe que a bateria só dura meio dia com os processadores atuais. Pois bem, com o Kirin 960 a energia está garantida por um dia e meio. E este upgrade aplica-se obviamente a todos os jogos, não só ao da Nintendo.

Imagem: TudoCelular


Também poderão gostar