China ultrapassa Estados Unidos na App Store

A Apple ainda vende mais smartphones e tablets nos Estados Unidos do que na China, mas na App Store os chineses agora lideram.

Do dinheiro que a Apple ganha na App Store, a maior parte vem agora da China. O intenso crescimento económico da nação da Grande Muralha na última década explica em parte o domínio que agora alcançou sobre os Estados Unidos nessas vendas online da empresa fundada por Steve Jobs.

No entanto, em terra firme, os consumidores norte-americanos continuam a ser os clientes principais da Apple. Esperava-se que a China também ultrapassasse a terra do Tio Sam neste área, mas um pequeno enfraquecimento económico dos chineses no último ano mantém os Estados Unidos no topo da compra de smartphones e tablets da Apple. Talvez em 2017 a China passe para primeiro lugar neste segmento.

Esta informação foi fornecida pela App Annie, que no relatório sobre as vendas da Apple diz o seguinte: “O destaque deste relatório é certamente a China ter suplantado os EUA, tornando-se o maior mercado no mundo para a App Store do iOS em receita – gerando mais de 1,7 mil milhões de dólares só no terceiro trimestre de 2016. Nós prevíamos no início de 2016 que o crescimento da receita do iOS vinda da China seria maior que o dos EUA bem antes do fim do ano – a China agora lidera com mais de 15% à frente dos EUA.”

Algo importante sobre este relatório é que confirma o destaque dos jogos para a App Store. Eles representam apenas 25% dos produtos disponíveis nessa loja online da Apple, mas são os responsáveis por 75% das vendas. O rei dos jogos foi obviamente o Pokémon Go, que arrecadou cerca de 600 milhões de dólares em apenas 100 dias.

Imagem: AppleInsider


Também poderão gostar