Antoni van Leeuwenhoek é homenageado pela Google com um doodle

O cientista neerlandês Antoni van Leeuwenhoek é hoje alvo de uma homenagem da Google, que lhe dedica um doodle no dia do 384º aniversário do seu nascimento.

Leeuwenhoek (1632-1723) foi um importante cientista e inventor de telescópios, que descobriu os microrganismos ao utilizar um microscópio que inventou. Sobre o seu trabalho, o cientista enviou uma carta para a Royal Society de Londres onde se mostrou maravilhado com o que tinha visto numa amostra de água de um lago próximo: “Eu vi pequenos animais que flutuavam e nadavam na água”, que atualmente conhecemos como bactérias e outros micróbios.

No seu quarto na praça do mercado em Delft, na Holanda, van Leeuwenhoek lixava e polia as suas próprias lentes. Algumas das suas lentes atingiam uma ampliação de mais de 200 vezes, o que lhe permitiu examinar cabelos, fibras musculares, células de plantas e outras maravilhas do universo microscópico. Foi graças a essas lentes e outras componentes que desenvolveu para microscópios que o cientista neerlandês descobriu os microrganismos, que na altura eram absolutamente desconhecidos.

Esta descoberta foi muito importante porque outros cientistas começaram a pensar se esses microrganismos não seriam os verdadeiros responsáveis pelas doenças, especialmente pelas pestes que se espalhavam por vários países numa questão de dias. Na altura em que Leeuwenhoek descobriu as bactérias, a revolução científica avançava e o Iluminismo estava à porta. Os microrganismos foram tomados como uma explicação mais provável para as doenças do que os pecados, mas ainda teriam de passar mais de 150 anos até que as bactérias fossem realmente identificadas como as culpadas.

A Google continua assim a recordar grandes cientistas e outros vultos importantes da nossa história, muitos dos quais quase já completamente e injustamente esquecidos. Felizmente, Leeuwenhoek ainda é bastante conhecido e a sua obra continua a ser ensinada nas salas de aula.

Imagem: Biografias e Curiosidades


Também poderão gostar