Apple tem prejuízo após 14 anos

O ano de 2016 não foi bom para a Apple. A empresa registou prejuízo respetivo a este ano após 14 anos de lucro.

A empresa fundada por Steve Jobs vende imensos produtos de qualidade. Foram esses produtos que a tornaram numa gigante no mercado dos dispositivos móveis, considerando o iPhone como cabeça de cartaz. A Apple sempre teve lucro, ano após ano, mas parece que as coisas agora estão negras.

Hoje será emitido o relatório relativo ao lucro do quarto trimestre fiscal e os analistas esperam um abrandamento considerável nas receitas. Tomando todo o ano fiscal de 2016, a Apple terá um prejuízo histórico, dado que acontece pela primeira vez em 14 anos.

A divisão da Yahoo relativa às finanças projeta que a Apple relatará 215 mil milhões de dólares em vendas para 2016, o que representa perdas de 18 mil milhões no que diz respeito a 2015. Ou seja, surge pela primeira vez uma queda após 14 anos de lucros crescentes.

A última queda nos lucros foi precisamente há quase uma década e meia. Em 2001, a Apple faturou 5,36 mil milhões de dólares em vendas, menos 33% do que as receitas de 2000, que foram de 7,98 mil milhões.

Mesmo assim, se tivermos em conta que em 2001 a empresa faturava menos de 10 mil milhões de notas verdes e agora apresenta números superiores a 215 mil milhões, chegamos à conclusão que a Apple não está propriamente perto da falência.

O próximo ano poderá ser melhor para a Maçã, dado que o iPhone 7 está a vender mais unidades do que a Apple pensava que venderia, muito por causa do fracasso da Samsung com o Galaxy Note 7.

Imagem: Tecnoblog


Também poderão gostar