Facebook pretende lançar concorrente para o Prisma

O Facebook ficou cativado pelo sucesso do Prisma e pretende lançar uma aplicação para concorrer com esse serviço de fotografias.

O Prisma foi lançado há pouco tempo e imediatamente fez sucesso. As pessoas gostaram do visual artístico que essa aplicação oferece para as fotografias, chegando mesmo a ser possível transformar fotos banais em verdadeiras obras de arte graças à inteligência artificial incorporada no Prisma. Até agora, muitas empresas que operam online lançaram aplicações para concorrer com esse serviço, mas nenhuma teve sucesso. Mas o Facebook vai entrar na corrida e promete lançar um serviço idêntico com mais opções e mais atrativo.

A revelação surgiu durante uma conferência promovida pelo The Wall Street Journal, apelidada de WSJDLive. Nela, o Facebook afirmou que está a trabalhar numa aplicação que oferecerá filtros artísticos também para vídeos, sendo que com este serviço original pretende marcar a diferença. Foi o chefe de produtos da empresa de Mark Zuckerberg que apresentou a ideia, sublinhando que o serviço da rede social registará imagens com efeitos especiais que imitam os estilos de vários pintores.

Outra das diferenças da aplicação do Facebook em relação ao Prisma é a velocidade que a rede social promete para a mesma. O Prisma demora alguns segundos a aplicar as mudanças, mas o serviço da empresa de Zuckerberg aplicará as mudanças efetuadas nos conteúdos instantaneamente.

Cox acredita que daqui a alguns anos 70% do conteúdo da Internet será constituído por vídeos, especialmente na parte da transmissão de informações e entretenimento. Precisamente por esta crença, baseada em previsões de especialistas, é que o Facebook pretende que os vídeos sejam o atrativo principal da sua futura aplicação.

Quanto ao nome do serviço e à data em que será lançado, ainda não existem informações. A aplicação ainda se encontra na fase de estudo e experimentação. Mas provavelmente será lançada no início de 2017, até para que o Facebook evite perder potencial de mercado com futuros melhoramentos do Prisma.

Imagem: Geek Publicitário


Também poderão gostar