Huawei quer ultrapassar Apple em dois anos

A Huawei está bastante forte no mercado dos smartphones — é a terceira vendedora desses dispositivos no mundo — e deseja muito mais: quer ultrapassar a Apple.

No mercado asiático a Huawei está a trilhar o seu caminho de sucesso, e dado que essa região está a passar por um crescimento económico a empresa ainda melhorará bastante. No Brasil também está a crescer, tal como na Europa e Estados Unidos. A empresa chinesa quer crescer ainda mais e ultrapassar a poderosa Apple.

A vendedora de smartphones e outros produtos alcançou o terceiro lugar no terceiro trimestre deste ano, ao conseguir vender cerca de 33 milhões de unidades. A Apple conseguiu no mesmo espaço de tempo vender 45 milhões e a Samsung, que lidera no mercado, 75 milhões.

A Huawei precisa de vender mais 12 milhões para alcançar a Apple, mas os chineses acreditam que isso é possível. O chefe executivo do Grupo de Negócios para Consumidores da Huawei, Richard Yu, tem a esperança que isso acontecerá mesmo no espaço de dois anos. O executivo disse o seguinte: “Nós vamos superá-los passo a passo, inovação por inovação. Estão a chegar novas oportunidade, com inteligência artificial, realidade virtual, realidade aumentada…”. Ou seja, a tecnologia da inteligência artificial é a área para inovar e superar a Maçã, de acordo com Yu.

Para aqueles que dizem que é impossível, o chefe executivo lembrou que as pessoas também não acreditavam que a Huawei conseguisse vender 100 milhões de unidades: “Quando anunciamos que passaríamos a fabricar smartphones há quatro anos atrás, chamaram-nos loucos! Quando dissemos que queríamos vender 100 milhões de aparelhos, voltaram a chamar-nos loucos”. E a verdade é que conseguiram. Será que conseguem ultrapassar a Apple?

Imagem: Tech News Today


Também poderão gostar