Google terá uma nova sede bilionária em Londres

A Google pretende investir mais de mil milhões de libras na sua nova sede em Londres, um projeto de construção que ainda se encontra no papel mas que irá arrancar brevemente.

A incerteza relativa ao Brexit dissuadiu inúmeras empresas de investir na capital britânica, mas as empresas de tecnologia e que operam na Internet não sofrem com essas dúvidas relativas ao futuro económico do Reino Unido. A Google, por exemplo, prepara-se para construir uma nova sede na principal cidade das terras de Sua Majestade. O preço? Cerca de mil milhões de libras.

A Apple já teve essa iniciativa há pouco tempo. O epicentro inglês da gigante liderada por Tim Cook estará localizado num edifício onde funcionava uma usina termoelétrica — a inauguração será daqui a cinco anos. A Google segue às pisadas da Maçã, e o CEO Sundar Pichai já visitou Londres para visitar o local onde ficará instalado o quartel-general da gigante das pesquisas. Por enquanto ainda está tudo no papel, mas custará tudo mais de mil milhões de libras e a sede deverá ser inaugurada daqui a quatro anos, um ano antes da inauguração da sede da Apple.

O presidente da câmara municipal de Londres já disse à Imprensa que a nova sede da Google empregará cerca de três mil pessoas, para além dos postos de trabalho da mão de obra que construirá o edifício. O CEO da empresa, por seu lado, pretende que o novo edifício ocupe 650 mil metros quadrados de área útil, espaço suficiente para albergar os três mil empregados naquilo que será uma espécie de aldeia da Google dentro da cidade de Londres.

Imagem: Época NEGÓCIOS


Também poderão gostar