Smartphones chineses estão a recolher informações privadas

Uma empresa de segurança descobriu que vários smartphones fabricados na China estão a recolher dados sigilosos dos utilizadores.

Se vive nos Estados Unidos ou na Europa, saiba que o seu smartphone poderá ter um backdoor que envia informações privadas sobre os seus dados para servidores localizados na China. Para quê? Ao que tudo indica, para que as empresas responsáveis pelo esquema possam criar anúncios comerciais mais direcionados ao que você gosta e procura, isto baseado nos seus hábitos e dados privados enviados pelo backdoor.

Quem descobriu o problema foi a empresa de segurança Kriptoware, que anunciou que os smartphones afetados são distribuídos oficialmente nos Estados Unidos e na Europa.

O backdoor envia dados sobre a atividade dos donos dos dispositivos móveis em várias aplicações, e também lê mensagens privadas, e depois envia para servidores localizados na China. Tanto os servidores como o backdoor são da mesma empresa: AdUps Technologies. Essa companhia encontra-se numa colaboração com outras empresas para recolher dados para anúncios publicitários direcionados.

As últimas informações apontam para mais de 700 milhões de smartphones em todo o mundo que poderão estar com o software instalado, sendo que entre esses dispositivos móveis encontram-se aparelhos da BLU, ZTE e Huawei. A BLU está a ser visada e investigada como uma das empresas que mais tem participado e beneficiado com o esquema criminoso.

Este é um problema bastante comum nos dias que correm, onde a publicidade direcionada tem um valor extraordinário. As empresas de segurança estão bastante atentas a este tipo de backdoors, que afetam diretamente a privacidade dos clientes de smartphones. Resta-nos desejar que todo o esquema seja brevemente desmontado, para a segurança de todos nós.

Imagem: CiscoZine


Também poderão gostar