73 pessoas já morreram a tirar selfies em 2016

A moda das selfies continua e para procurarem as fotos mais espetaculares as pessoas tomam muitas vezes riscos desnecessários. Neste ano de 2016 já morreram 73 pessoas a tirar selfies, e estas são apenas as mortes que foram registadas.

As selfies têm sido uma das grandes paixões dos jovens, mas ultimamente a moda tornou-se mais perigosa. O número de falecimentos por selfies são maiores do que julgamos. Não são casos raros que acontecem uma vez de três em três meses. Em 2016, até agora, morreram 73 pessoas em todo o mundo.

O número de mortes por selfies têm aumentado e os números são alarmantes. Em 2014 tivemos 15 casos confirmados, subiu para 39 em 2015 e já vai em 73 falecimentos em 2016. Os pesquisadores têm tentado encontrar uma solução para o problema, através da melhoria da tecnologia que permita trabalhar fotos comuns para as tornar mais vistosas, um projeto que resolveria o problema. Uma equipa da Carnegie Mellon University, nos EUA, resolveu procurar essa tecnologia que substitua as atitudes descuidadas por uma selfie perfeita, e inicialmente teve a ideia de um sistema de alerta.

A equipa está a desenvolver uma aplicação baseada nos dados de mortes por selfies, especialmente da posição geográfica de locais perigosos em todo o planeta. O objetivo é identificar os locais onde não é recomendado tirar selfies, e depois disponibilizar a informação através da notificação de um alerta no smartphone do utilizador. Cerca de 3 mil fotos já foram analisadas e o software apresentou uma excelente taxa de acerto de 70% na identificação de locais perigosos para as pessoas nos testes iniciais. Espera-se que a aplicação seja lançada ainda neste mês de novembro.

Mais tarde, os investigadores querem desenvolver a edição de fotos para que no resultado final pareça mesmo que a pessoa tirou a selfie no local arriscado. Já existem aplicações que fazem isso, mas uma melhoria seria bem-vinda e é isso que diversos cientistas, designers e engenheiros computacionais procuram.

Imagem: BoredPanda


Também poderão gostar