Microsoft “ataca” Chrome e Firefox

A Microsoft instalou um alerta no Windows 10 que ocasionalmente lembra aos utilizadores do software que o navegador Edge é mais seguro do que o Chrome e Firefox.

O browser Microsoft Edge não está a ter o sucesso que a empresa fundada por Bill Gates desejava, pelo que a Microsoft está a optar por estratégias mais diretas, que já tinham começado no passado mês de julho. No Windows 10 surge agora um aviso que diz aos utilizadores que o Edge é mais seguro do que o Chrome da Google e o Firefox da Mozilla.

O alerta, que se refere ao Edge tendo por comparação os outros dois navegadores, é o seguinte: “Ele bloqueia 21% mais malware. Saiba mais”. O aviso surge em forma de link, que ao ser clicado leva o utilizador para a plataforma onde pode fazer o download do browser da Microsoft.

O site VentureBeat quis saber mais sobre esse alerta e entrou em contato com a Microsoft, recebendo a seguinte resposta de um porta-voz da empresa: “Essa sistema de dicas do Windows para utilizadores do Windows 10 começou no início de novembro”. A Microsoft não acrescentou mais informações sobre esta estratégia, deixando os rumores a circular pela Internet.

Esta não é a primeira vez que a Microsoft tenta angariar mais utilizadores para o Edge. Em julho, um outro aviso alertava as pessoas no Windows que o Chrome e Firefox consumiam mais energia do que o Edge. O VentureBeat chegou à conclusão de que os alertas não são aleatórios, mas surgem sempre que um novo navegador é lançado.

Apesar de parecer algo pouco ético, o facto é que este tipo de avisos surgem no sistema operativo da Microsoft, pelo que é compreensível. Em nossa casa mandamos nós.

Imagem: Tec Dica


Também poderão gostar