Samsung assegura que a bateria do Galaxy S7 não explode

A novela do Galaxy Note 7 continua. No último comunicado da empresa, a Samsung assegura que a bateria do novo smartphone, o S7, não tem nada de errado, tentando assim tranquilizar os consumidores.

O smartphone Note 7 foi uma autêntica tragédia para a Samsung, afetando quer o lucro quer a imagem da empresa. O problema agora é que o S7 também está sob os holofotes, tendo surgido muitas dúvidas sobre a segurança desse aparelho. Será que não tem os mesmos problemas do Note 7. As baterias explosivas são uma preocupação, mas a Samsung assegura que o problema não está nas baterias. O certo é que a causa para as explosões do Note 7 ainda não foi descortinada.

No comunicado divulgado há dois dias atrás (19), a Samsung afirma que “não houve casos confirmados de falhas internas da bateria entre os mais de 10 milhões de aparelhos utilizados por consumidores nos Estados Unidos”, pelo que praticamente garante que o S7 é seguro.

A empresa sul-coreana tenta ainda passar a ideia, no comunicado, de que o problema pode ter origem nos próprios utilizadores do S7: “Estamos cientes de alguns casos resultantes de danos externos severos. Neste momento, é impossível determinar a causa verdadeira de qualquer incidente”. Têm surgido rumores de que algumas pessoas que compraram o S7 estão a provocar fogos deliberadamente, talvez ao serviço de outras empresas que pretendem explorar a situação.

Apesar da garantia da Samsung e do facto de que realmente não existem casos confirmados por independentes de que o S7 apresenta algum problema na sua bateria, a imagem negativa que as pessoas têm agora dos smartphones da empresa líder neste mercado pode afetar muitíssimo as vendas do novo aparelho, o que é certamente motivo de alarme para os altos quadros da Samsung que pretendem reabilitar a imagem da sua linha Galaxy.

Imagem: AndroidPIT


Também poderão gostar