Google está a desenvolver um software capaz de ler os lábios

No famoso filme ‘2001: Odisseia no Espaço’, o computador Hal tinha a capacidade de ler os lábios dos tripulantes da nave interplanetária. A Google está a desenvolver uma inteligência artificial que consegue fazer o mesmo.

A Google está a trabalhar num software que consegue ler os lábios. O projeto faz parte da DeepMind, a área da gigante norte-americana dedicada à inteligência artificial. O objetivo é alcançar um resultado final extraordinário: o melhor software de leitura orofacial de sempre.

Este software está a ser desenvolvido em parceria com a Universidade de Oxford. Até agora, a equipa da DeepMind conseguiu resultados bastante satisfatórios: o programa apresenta uma eficácia de 46,8% na leitura de lábios. Tratam-se de resultados iniciais encorajadores.

A inteligência artificial da Google analisou, segundo o site The Verge, mais de 5 mil horas de programas televisivos da BBC, sempre sobre política, onde a comunicação costuma ser simples, direta e lenta o suficiente para permitir uma boa aprendizagem.

O software poderá ser aplicado em bastantes tecnologias, como na produção de gadgets para pessoas com dificuldades auditivas. Outra aplicação é a integração em óculos de realidade aumentada, onde passaria a ser possível entender o que um indivíduo fala unicamente através da observação dos lábios, dado que a inteligência artificial “traduziria” para palavras os movimentos orofaciais da pessoa observada. O inconveniente é que surge um problema ético no que respeita a esta última aplicação para o software, pois poderia ser possível “escutar” o que pessoas desconhecidas conversam como, por exemplo, em esplanadas de cafés ou em shoppings.

Imagem: Geek League of America


Também poderão gostar