Automóveis da Tesla vulneráveis a malware Android

Investigadores descobriram que os carros da marca Tesla estão vulneráveis a malware Android, pelo que podem ser roubados por hackers experientes.

Os hackers sabem agora como roubar um carro da marca Tesla: estes apresentam pouca segurança em smartphones Android, um caminho que os piratas podem seguir para cometer as suas intenções criminosas, segundo especialistas em segurança informática.

Este não é um caso virgem no que respeita à fraca segurança informática dos automóveis da Tesla. Os hackers conseguiam anteriormente quebrar a segurança através do software do próprio carro, permitindo-lhes controlar a condução do veículo ao longo de uns preocupantes 20 km.

A falha de segurança que os investigadores descobriram agora é a seguinte: durante a instalação da aplicação Android da Tesla, os utilizadores têm que inserir um nome de utilizador e uma palavra passe, que gera o habitual código de segurança que é enviado por SMS para o telemóvel ou smartphone do dono do veículo. O problema encontra-se no facto de que esse código fica guardado no software durante 90 dias, pelo que os hackers podem ter acesso a ele se tiverem acesso ao conteúdo do smartphone da eventual vítima.

Para evitar que surjam estes problemas, os donos de veículos da Tesla devem evitar a todo o custo instalar software malicioso no seu smartphone. Antivírus e uma boa análise das aplicações antes de serem instaladas são procedimentos que recomendamos.

Imagem: Carplace – Uol


Também poderão gostar