Bitcoin sob ataque do Tribunal do Norte da Califórnia

O Tribunal do Norte da Califórnia, nos Estados Unidos, exige que a Bitcoin entregue os dados dos seus utilizadores, para combater a fuga ao fisco e as ações criminosas das pessoas que utilizam essa moeda virtual.

Nos Estados Unidos, o Tribunal do Norte da Califórnia, o estado mais importante na terra do Tio Sam, aprovou a exigência para que a Bitcoin entregue os dados dos seus utilizadores, mais especificamente de todas as transações efetuadas no serviço da Coinbase nos anos de 2014 e 2015. Foi um juiz federal norte-americano quem tomou a decisão, que pretende acabar com as ilegalidades que abundam nos serviços comprados e vendidos através dessa moeda virtual.

O The Verge informou sobre a sentença do Tribunal californiano: “Os contribuintes que estão sob investigação podem não estar a cumprir as leis internas norte-americanas que exigem a declaração de impostos das transações virtuais”.

Essencialmente, existe aqui uma caça aos impostos. A verdade é que se trata de uma ação lógica, dado que muitas pessoas que utilizam a moeda Bitcoin estão claramente envolvidas na fraude de impostos. Para além deste facto, as declarações de todas as transações podem permitir à Justiça norte-americana a descoberta de inúmeras ações criminosas, para além da fuga ao fisco.

O The Verge comentou que “a declaração desses rendimentos é inconsistente na maioria dos casos, sendo que os registos podem indicar casos de evasão fiscal”, acrescentando ainda que a Coinbase, detentora do serviço de moeda virtual Bitcoin, está “extremamente preocupada com esta decisão do Tribunal do Norte da Califórnia”.

Imagem: MoneyWeek


Também poderão gostar