Apple diminui a produção do iPhone 7 para se concentrar no iPhone 8

A gigante dos smartphones diminuiu a produção do iPhone 7 para se concentrar no novo modelo, que será lançado nos primeiros meses de 2017.

A venda dos iPhones tem caído nos últimos tempos, e o ano de 2016 ficou aquém das expectativas para a Apple. Os problemas “explosivos” do Galaxy Note 7 da Samsung ainda deu uma ajuda à Maçã, aumentando o número de unidades de iPhones vendidos, mas não foi suficiente. A quebra na venda do modelo 7 nos últimos dois meses levou a empresa de Tim Cook a pedir aos seus fabricantes para reduzirem na produção desses smartphones.

Por enquanto ainda não são conhecidos números oficiais dos iPhones que a Apple vendeu em 2016, mas o aumento no investimento para a publicidade e o pedido para a redução da fabricação de unidades do iPhone 7 indicam que as coisas não estão boas para a gigante. O modelo Jet Black estava a vender muito bem nas primeiras semanas após o lançamento, mas parece que agora já não saiem tão rapidamente das prateleiras das lojas.

Quanto ao iPhone 8, que agora concentra todas as atenções, os rumores que circulam nos círculos tecnológicos prevêem que estará equipado com ecrã OLED, exterior de vidro e câmaras de lentes duplas, enquanto que também contará com melhorias de CPU e nos sensores, para além de ser possível carregar o aparelho com baterias sem fio.

A empresa tem grandes esperanças para o iPhone 8, mas no caso da totalidade de todas as versões dessa linha as previsões são menos animadoras. Espera-se que a Apple venda menos 5 milhões de unidades de iPhones no primeiro semestre de 2017 quando comparado com o mesmo período de 2016. O problema aqui está também na ascensão de outras empresas que se dedicam à venda de smartphones, como a Huawei, que têm “roubado” clientes à Maçã.

Imagem: Pplware – Sapo


Também poderão gostar