Designer da Apple e a capacidade que a empresa ainda tem para inovar

O chefe de design da Apple, Jonathan Ive, responsável pelo aspecto final de todos os produtos da empresa, concedeu uma entrevista onde focou alguns pontos pertinentes, como o que move a sua alma profissional, a influência de Steve Jobs em todo o seu desenvolvimento e a capacidade da empresa em conseguir inovar.

O primeiro tema de conversa foi o iPhone e o que levou a empresa a criar o seu próprio telemóvel, Ive menciona que o principal catalisador para a insipiração que está por de trás da criação do smartphone da Apple foi a insatisfação dos próprios engenheiros e designers da empresa com os seus telemóveis pré-iPhone.

Posteriormente, Ive contou como foi um dos seus primeiros encontros com o seu mentor Steve Jobs, o designer afirma que a conexão entre os dois foi imediata a partir do momento que o executivo entrou na sala de trabalho a criticar tudo e todos (até o próprio trabalho de Ive).

Nesta entrevista foi ainda abordado o possível impacto dos iPhones (e smartphones em geral) na sociedade, o designer mencionou que “como qualquer ferramenta há um uso fantástico e há a possibilidade de ser mal utilizada” realçando que fica feliz quando o seu produto se conecta às pessoas, elogiando de seguida “os fabulosos clientes da empresa”.

Quando questionado o que seria uma potencial má utilização do iPhone, Ive respondeu, “o uso constante”.

Em relação à capacidade da empresa em continuar a inovar, o chefe de design segue confiante e indica ter uma equipa que vem acumulando experiência e que já tem algumas ideias que esperam apenas que a tecnologia chegue ao ponto pretendido para que possam ser postas em prática.


Também poderão gostar