5 modelos para ganhar dinheiro com as aplicações

O desenvolvimento das aplicações móveis é cada vez mais um negócio de grandes dimensões

Todo o trabalho à volta da App, que inclui a criação, programação, lançamento e promoção é essencial e determinante para a comercialização da mesma, bem como reaver o investimento inicial. Mas como é que podemos ganhar dinheiro com uma aplicação? Apresentamos-lhe 5 modelos de negócio a considerar.

No que diz respeito à rentabilização da app, o modelo de negócio mais popular de todos é a publicidade. Pelo seu cariz de fácil implementação, há uma aceitação generalizada pelos utilizadores de aplicações móveis que consomem publicidade, muitas vezes sem se aperceberem que o estão a fazer.

Por outro lado, uma aplicação paga, que acontece como um pagamento único, é outro modelo de negócio muito comum quando se considera a rentabilização de aplicações móveis. No entanto, a escolha desta fonte de receita condiciona o número de downloads, uma vez que há uma forte concorrência de apps dos mais diversos serviços, gratuitas, o que para os utilizadores é uma mais valia. Por isso, já sabe, se está a pensar investir neste modelo, convém que a sua aplicação seja suficientemente inovadora, para que o público queira pagar para ter.

Outra alternativa, que se deve à tendência natural dos utilizadores preferirem apps gratuitas, podem ser as In-app purchases, aplicações gratuitas que permitem a compra de funcionalidades à posteriori, isto é, adicionais. Exemplo disso é a opção de remover a publicidade exibida.

Outro modelo de negócio que vai permitir que a sua app esteja disponível de forma gratuita é o modelo de subscrição. Este método pode ter várias variantes de implementação, mas o mais comum é ter uma versão gratuita da aplicação, mas reduzida nas funcionalidades sobre o serviço. O truque depois será conseguir convencer os utilizadores a subscreverem o serviço completo através do pagamento mensal, trimestral ou anual. A este modelo específico chama-se freemium.

Por fim, outra fonte de rendimento prende-se com a recolha de comissões de transação e referência para a venda de produtos e serviços de outras empresas.

 

Apesar das várias opções apresentadas, a escolha de um modelo de negócio para a rentabilização de uma app não tem que ser limitada a apenas uma das opções existentes, cada modelo de negócio pode incluir uma combinação de vários ou até de todos em simultâneo.


Também poderão gostar