Ericsson com prejuízo de 1.683 milhões

A empresa de telecomunicações, Ericsson, contabilizou um prejuízo de 1.683 milhões de euros de janeiro até setembro, deste ano. A situação justifica-se pelas duras condições do mercado, avançou hoje a multinacional Sueca. Com problemas económicos desde 2016, a Ericsson tinha registado um lucro de 364 milhões de euros no mesmo período do ano passado.

O prejuízo operacional foi de 1.911 milhões de euros, contra um resultado operacional positivo de 686 milhões.As vendas atingiram os 14.986 milhões de euros, representando por isso uma queda homóloga de 8%.

Bjork Ekholm, presidente-executivo da multinacional, fez o balanço da situação da empresa, afirmando que as medidas para melhorar a situação, introduzidas nos últimos meses, são responsáveis pela redução de custos, e têm como objetivo alterar a trajetória negativa dos indicadores financeiros.


Também poderão gostar