Web Summit: Visitantes do evento descontentes no primeiro dia

Alguns visitantes da Web Summit estavam descontentes esta tarde no Parque das Nações porque compraram o bilhete geral para a conferência e não conseguiram assistir à sua abertura, visto que não tinham realizado um registo no evento.

De acordo com a participante da Web Summit Maira Pereira, a conferência tem capacidade para receber 60 mil pessoas, mas hoje a abertura, no Altice Arena, conta com apenas 10 mil, sendo que esse facto provocou algum descontentamento por parte dos que queriam assistir ao seu começo.

De acordo com a mesma fonte, todos os cidadãos com o bilhete geral receberam um ‘email’ para se registaremna abertura da conferência. Todos se puderam registar até o evento atingir a sua lotação máxima de 10 mil pessoas.

Também Alano Silva de 21 anos disse à Lusa que comprou o ‘Loyal Ticket’ e fez ontem o seu ‘check-in’ no aeroporto de Lisboa para ter acesso à cimeira e ninguém da organização o informou que não poderia ter acesso hoje à abertura da conferência.

As ucranianas Svitlana Neimyrok e Ganna Liubimova referiram que a organização as informou que se sobrassem alguns bilhetes para as conferências, as jovens poderiam ainda conseguir entrar.

A organização do evento disse à Lusa que o número de participantes a assistirem à abertura da conferência teria de ser controlado porque hoje o único pavilhão que abriu as portas foi o Altice Arena.

De acordo com um membro da organização, nos restantes dias, ou seja, de terça-feira a quinta-feira, para além do pavilhão Altice Arena, todos os pavilhões da Feira Internacional de Lisboa (FIL) também vão estar abertos.

Deste modo, os participantes do evento vão conseguir ter acesso a um maior espaço, de forma a “distribuírem-se pelo Altice Arena e pela FIL, sendo possível garantir a entrada a todos os registados”, mencionou.

As pessoas que se registavam nos ‘links’ podiam entrar hoje na abertura. “Quem não foi, não se registou” e, como tal, não tinham direito a entrar hoje, visto que havia um limite de pessoas para ocupar o Altice Arena e “por uma questão logística, teve de ser limitado o número de vagas”.

A segunda edição da cimeira de tecnologia e empreendedorismo decorre até quinta-feira no Parque das Nações.

Fonte: LUSA


Também poderão gostar