Web Summit: Quase metade dos participantes são mulheres

Quase metade dos participantes e mais de um terço dos oradores da cimeira de tecnologia e empreendedorismo Web Summit, que decorre até quinta-feira em Lisboa, são mulheres, anunciou hoje a organização.

Em comunicado, a organização justifica que os resultados se devem, em parte, à iniciativa Women in Tech, lançada pela organização há dois anos para aumentar o número de mulheres a participar no evento, vindas de todo o mundo.

Este ano, o “compromisso para a mudança” levou a um rácio de 42% de mulheres, entre as quais “milhares de empreendedoras, fundadoras e diretoras [de empresas], entre outras participantes que aproveitaram o programa [Women in Tech] para ter desconto nos bilhetes”, de acordo com a organização.

Já a percentagem de mulheres oradoras aumentou para 35,4% em “múltiplos palcos”, aponta a organização, notando que, normalmente, os eventos de tecnologia só têm 20% de mulheres a discursar.

Citada no comunicado, a responsável pela área da imprensa da Web Summit, Eleanor McGrath, observa que estes números são “um marco”, mas que ainda assim podem ser aumentados.

A Web Summit decorre até quinta-feira, no Altice Arena (antigo Meo Arena) e na Feira Internacional de Lisboa (FIL), em Lisboa.

Segundo a organização, nesta segunda edição do evento em Portugal, participam 59.115 pessoas de 170 países, entre os quais mais de 1.200 oradores, duas mil ‘startups’, 1.400 investidores e 2.500 jornalistas.

A cimeira tecnológica, de inovação e de empreendedorismo nasceu em 2010 na Irlanda e mudou-se em 2016 para Lisboa por três anos, com possibilidade de mais dois de permanência na capital portuguesa.

Fonte: LUSA


Também poderão gostar