Robots vão deixar no desemprego 800 milhões de pessoas até 2030

Segundo um estudo elaborado pela McKinsey, que procurou apurar as consequências das alterações económicas causadas pela introdução de robots na sociedade, cerca de 800 milhões de pessoas irão estar no desemprego até 2030 graças a este avanço tecnológico.

O Business Insider, indica que as estimativas das Nações Unidas apontam para uma população mundial de 8.5 mil milhões de pessoas nesta altura, o que significa que 10% estará desempregada graças à ocupação de postos de trabalho por robots.

O mesmo estudo indica ainda, que a integração de robots não será homogénea em todo o mundo, com países mais ricos como os EUA, o Reino Unido, o Japão e a Coreia do Sul a serem os mais afetados por esta mudança económica. Inicialmente, os trabalhos que estarão mais vulneráveis serão aqueles mais repetitivos, como lavadores de pratos e cozinheiros em restaurantes.

 


Também poderão gostar